A energia solar está auxiliando comunidades do Nordeste brasileiro a terem acesso à água potável. Isso porque no interior do Ceará, no município Paraipaba, a fonte fotovoltaica está gerando energia, possibilitando que poços profundos sejam perfurados, abastecendo a população local que necessita de recursos hídricos. 

O projeto, realizado em parceria com o DNOCS (Departamento Nacional de Obras Contra as Secas), além de resolver os problemas ocasionados pela falta d’água, contribuirá para que a população da região economize no custo com energia elétrica.

Segundo a prefeita do município, Ariana Aquino (Republicanos), a ideia é perfurar 500 poços durante os quatro anos de gestão. Em janeiro e fevereiro, já foram perfurados cinco. “Passo a passo nós vamos construindo o futuro”, destacou. 

Ademais, ressaltou que a prefeitura está instalando novas bombas em locais onde foram perfurados poços, que estavam inativos em locais estratégicos da cidade. 

Solar é usada em poços artesianos para ajudar na seca

Pensando em uma alternativa para ajudar a solucionar a seca do Nordeste, o Ministério do Desenvolvimento Regional, por meio do DNCOS, está instalando poços artesianos para levar água a moradores de zonas rurais.

Em lugares em que a rede elétrica não está próxima aos poços perfurados, a energia solar é uma solução viável e sustentável. Nestes locais, estão sendo utilizados painéis fotovoltaicos para o funcionamento das bombas e sistemas e beneficiar a população

Source link