O Governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente (SIMA), incluiu 13 cidades do Vale do Ribeira no trajeto do Road Show Huawei Solar – um projeto itinerante da ABGD (Associação Brasileira de Geração Distribuída) que visa estimular o mercado de energias renováveis no Brasil.

O objetivo da parceria é qualificar 260 pessoas com cursos introdutórios de instalação de sistemas de energia solar fotovoltaica na região. O curso, que começa em maio, é gratuito e vai integrar o programa Vale do Futuro, coordenado pela Secretaria de Desenvolvimento Regional.

O projeto obteve apoio internacional e foi selecionado pelo The Climate Group para receber um aporte de US$ 10 mil do Future Fund, um fundo que contribui com medidas para minimizar os impactos das mudanças climáticas.

As aulas serão realizadas em uma sala de aula adaptada, construída dentro de uma unidade móvel de treinamento, que fará o trajeto entre as diversas cidades.

O espaço também conta com uma casa com cozinha e lavanderia com sistema de microgeração on-grid e off-grid real, utilizado para as atividades demonstrativas.

Ao todo, serão oito horas de atividade, que incluem noções básicas de regulamentação de geração distribuída de energia elétrica, dimensionamento preliminar de projetos solares fotovoltaicos, segurança e qualidade das instalações e vendas.

Os alunos que tiverem interesse em obter a certificação de instaladores serão encaminhados para a capacitação integral, oferecida pelo SENAI e por outras instituições de ensino.

“Além de contribuirmos para fomentar a economia local, especialmente neste momento de pandemia, estamos fomentando o uso de fontes renováveis e da geração distribuída. É uma importante iniciativa socioeconômica e para o meio ambiente”, explica Marcos Penido, secretário estadual de Infraestrutura e Meio Ambiente.

A unidade itinerante sairá de São Paulo e chegará a Iguape em 2 de maio (primeira cidade do Vale), iniciando o curso no dia seguinte. Além do Vale, a unidade móvel passará pelo litoral paulista e por outras regiões do interior do Estado, depois seguirá seu curso pelo Brasil. A lista completa dos municípios pode ser consultada aqui. 

De acordo com Marco Vinholi, secretário de Desenvolvimento Regional, além de capacitar os munícipes, a ação “incentiva à utilização de energias de fontes sustentáveis e renováveis, impactando positivamente na vida da população local”, disse ele.

O projeto conta com o patrocínio da empresa de tecnologia Huawei, da Risen Solar Technology e da Charles Stewart Mott Foundation. O curso adotará todos os protocolos de segurança e de distanciamento social estabelecidos para enfrentamento da pandemia da Covid-19.

Source link