A fabricante LONGi lançou sua série de módulos fotovoltaicos Hi-MO 4m, projetado para aplicações de GD (geração distribuída).

Os painéis de 60, 66 e 72 células cobrem faixas de potência de 370-385W, 410-420W e 450-460W respectivamente, com uma eficiência máxima de até 21%.

Durante o evento de lançamento, Dennis She, vice-presidente sênior da LONGi Solar, destacou que a empresa deve investir cada vez mais em geração distribuída.

“LONGi continuará a aumentar o investimento em P&D em inovação tecnológica e a expandir a capacidade de produção de nossos produtos solares GD para 10 GW em 2021″.

“O mercado global de telhados residenciais tem requisitos específicos em termos de desempenho e estética do produto e, além de fornecer produtos solares de alta qualidade, a LONGi está comprometida em fornecer aos nossos clientes globais de DG soluções de serviços de energia abrangentes”, acrescentou o executivo.

Ainda de acordo com a LONGi, o mercado global de GD aumentou rapidamente, acompanhado pelo surgimento de uma demanda diversificada e direcionada de clientes.

Com isso, os módulos da série Hi-MO 4m vem atender as diferentes necessidades de clientes de GD e podem ser amplamente utilizados em telhados em aplicações residenciais, industriais e comerciais.

Os módulos de 60 e 72 células já estão disponíveis no Brasil, mas o de 66 ainda não. A expectativa da fabricante é que ele seja disponibilizado em breve no mercado fotovoltaico brasileiro.

Mercado de GD

Atualmente, a LONGi possui mais de 3 mil clientes que investiram em GD em todo o mundo. No ano passado,o volume de embarques domésticos atingiu 2,2 GW, representando mais de 20% da participação de mercado. 

“LONGi continua a aderir ao seu conceito de “Solar para Solar”, atuando como defensor da energia limpa. Estamos confiantes em fornecer nossos módulos de última geração para parceiros e clientes no mercado global de GD”, ressaltou Niu Yanyan, chefe do Departamento de Gerenciamento de GD da LONGi Solar.

Source link