A BYD anunciou, na última sexta-feira (03), que os testes laboratoriais no desenvolvimento do módulo fotovoltaico de potência nominal 445 Wp foram concluídos pela equipe de P&D (Pesquisa e Desenvolvimento) em Campinas (SP). 

De acordo com a empresa, o novo painel atingiu a potência de 447,3Wp, com eficiência de 20,55%. O produto contará ainda com tecnologia monofacial, half-cell e múltiplos barramentos e deve ter sua comercialização liberada para o mercado já nos primeiros meses de 2022.

“Esta é uma conquista inédita para a indústria nacional, pois é o módulo de maior potência já desenvolvido em território brasileiro. Nossa equipe de Pesquisa e Desenvolvimento realizou um trabalho incrível e estamos contentes em anunciar este passo importante para o setor”, afirmou Murilo Bonetto, gerente de Pesquisa e Desenvolvimento da BYD Energy do Brasil.

Recentemente, a companhia informou que haverá, ao final do ano, um aumento na capacidade produtiva de sua fábrica de painéis visando atender às crescentes demandas do setor por placas de maior potência. Essa ampliação será acompanhada do lançamento deste novo equipamento.

“Enxergamos um cenário muito otimista para a geração de energia renovável e a eletromobilidade no Brasil. Após a inauguração da nova fábrica de baterias de lítio em Manaus, agora a BYD expande sua capacidade de produção de módulos solares de alta potência em sua linha de produção em Campinas”, destacou Adalberto Maluf, diretor de Marketing e Sustentabilidade da BYD. 

Segundo o executivo, os recentes investimentos, a inauguração da fábrica de Manaus, o aumento da capacidade produtiva da unidade de Campinas e o lançamento deste novo produto, mostram o quanto a fabricante acredita no potencial de transição energética do Brasil. “Estamos comprometida com o pioneirismo e investindo constantemente em tecnologia e inovação”, completou.

Foto: divulgação

Publicado Originalmente no Canal Solar em 2021-09-06 12:47:35