Buscando sustentabilidade e economia, cada vez mais postos de combustíveis estão investindo na geração de energia por meio da fonte solar para abastecer suas unidades no Brasil.

A rede Ipiranga, por exemplo, criou o Usinas Ipiranga para postos credenciados da empresa. O projeto visa contribuir no processo de transição energética da companhia, investindo em fontes renováveis e sustentabilidade com eficiência operacional. 

A estimativa da empresa é com o projeto é uma economia de até 15% na conta de energia, considerando a bandeira tarifária verde, sem ser necessária a instalação de um sistema fotovoltaico. Segundo a empresa, a expectativa é atingir se atingir uma economia acumulada de R$ 28 milhões na rede participante.

“Esse projeto faz parte de um plano estratégico e multidisciplinar focado em soluções de energia, que abrangem geração, eficiência energética, gestão e mobilidade. Já estão em fase de implementação 5 complexos de usinas: Rio Grande do Sul, São Paulo, Paraná, Rio de Janeiro e Santa Catarina”, explica a Ipiranga em nota.

Ainda de acordo com a companhia, as plantas terão a capacidade de geração anual de 23 GWh e atenderão 270 postos localizados nas mesmas áreas das distribuidoras de energia em que as usinas estão sendo construídas, seguindo a regulamentação da GD (geração distribuída).

Postos Shell 

A multinacional petrolífera Shell utiliza energia solar por meio da empresa de geração de energia Raízen. Atualmente, a empresa abastece 250 postos da Shell nos estados de São Paulo, Minas Gerais, Mato Grosso, Ceará e Pernambuco. 

Segundo Rafael Rebello, diretor de marketing e vendas de energia da Raízen, nos postos Shell no estado de Minas Gerais, a economia mensal chega a 20%. Nos demais estados com postos que utilizam energia solar, a redução mensal é de cerca de 10%.

Leia também: Shell assina acordo para construir 1º parque solar no Brasil

“Para a Shell, além dos benefícios do uso de uma energia mais limpa e renovável, há a redução de custos de energia elétrica. Nosso objetivo é que o ecossistema integrado da Raízen também seja capaz de levar sustentabilidade aos nossos parceiros, revendedores e clientes finais”, destaca Rebello. 

Ademais, o diretor destacou que a sustentabilidade está incorporada nas decisões e operações da empresa. “Investimos nas transformações das fontes de energia, buscando soluções que contribuam para a agenda global de transição energética de forma gradual e sustentável”. 

Postos Petrobras

A Petrobras, por exemplo, aluga energia solar gerada pela distribuidora Vibra Energia. Segundo a empresa, a economia mensal na conta de energia é de até 25%. 

“Na geração distribuída, oferecemos a oportunidade de aliar economia com sustentabilidade, pois toda a energia compensada nesse modelo é energia limpa, renovável e sustentável”, afirmou a Vibra em nota.  

Além disso, a empresa informou que o serviço estará disponível para os clientes localizados nos estados de São Paulo, Minas Gerais, Paraná e Rio de Janeiro, até o final de 2021.

“Nosso objetivo é atingir todas as regiões do Brasil até o final de 2023, permitindo que todos os nossos clientes tenham acesso a essa oportunidade de economizar com sustentabilidade”, completou. 

Publicado Originalmente no Canal Solar em 2021-09-09 07:00:48