Devido à pandemia da Covid-19, o mercado solar brasileiro foi afetado, com registro dos preços dos módulos fotovoltaicos e inversores subindo com a escassez de componentes e materiais essenciais, bem como o custo do frete

No entanto, mesmo em meio a este cenário, a Hypontech conseguiu disparar em volume de vendas e atingiu a marca de 100 mil inversores já comercializados em todo o mundo.

“A produção de cada peça do equipamento, desde a integração de cada pequeno componente até a embalagem das caixas, é padronizada e controlada para garantir sua confiabilidade em alto nível”, disse a empresa ao Canal Solar

“No mercado hoje, somos o único fabricante que adota a fundição sob pressão para todos os inversores. Isso permite a maior densidade de potência do segmento, alta classe de proteção para classificação IP65 e garante desempenho ideal e resistência contra intempéries”, ressaltou a fabricante. 

Ademais, a Hypontech enfatizou que o design do inversor permite que o equipamento atinja com precisão o ponto problemático: fatores que encurtam o ciclo de vida do inversor, como por exemplo, umidade, calor, poeira, névoa de sal. Com isso, reduz o rendimento de longo prazo.

Sobre a Hypontech

A Hypontech entrou no mercado solar brasileiro desde o início de 2020, com vários produtos certificados pelo Inmetro. “Com mais de 10 mil unidades de inversores distribuídos no Brasil e departamento de serviço local, a companhia mostra sólida determinação para continuar a apoiar o setor solar da América Latina. Inclusive, estrearemos na Intersolar South America em São Paulo no próximo mês de outubro”, concluíram. 

Publicado Originalmente no Canal Solar em 2021-09-27 11:37:41