A fabricante BYD apresentou durante a Intersolar South America 2021 uma nova linha de painéis solares monofaciais e bifaciais com maior capacidade produtiva de 450 W, 530 W e 670 W.

Segundo a empresa, a nova linha de painéis elevou o nível de automação e tecnologia nos processos de fabricação por meio de equipamentos de última geração, que permitiram o uso de multi-busbar, half-cell, 1/3 cut cell, micro-gap e negative-gap. 

“O projeto de atualização da linha de produção de módulos fotovoltaicos é uma grande conquista para o setor. Estamos trazendo para o Brasil, que já havia provado ser capaz de projetar módulos de alta potência e qualidade, a capacidade também de fabricá-los em escala, com nível de produtividade e eficiência idênticos aos níveis globais”, destaca Murilo Bonetto, gerente de pesquisa e desenvolvimento da BYD Energy Brasil.

Saiba mais: BYD pretende ampliar ainda mais a capacidade de fabricação local 

Ainda segundo a companhia, o investimento na nova linha de painéis também permite que a fábrica seja compatível com todas as dimensões de células fotovoltaicas disponíveis no mercado atualmente e poderá realizar a laminação e encapsulamento de módulos convencionais ou double-glass. 

“O sucesso do desenvolvimento de um novo módulo fotovoltaico não se baseia apenas em tecnologia de produto, a tecnologia de processo tem que se desenvolver e se adaptar com a mesma intensidade e velocidade para efetivar a fabricação desses produtos tão inovadores”, explica Bonetto.

A duração das operações de transformação da fábrica está prevista para ocorrer em até 75 dias corridos, com início em dezembro de 2021 e a comercialização já programada para fevereiro do ano que vem.

Publicado Originalmente no Canal Solar em 2021-10-25 12:32:20