APAE de Florianópolis instala usina solar e economiza 70% na conta de luz

Projeto demandou R$ 559,13 mil em investimentos para a sua implantação

A APAE Florianópolis (SC), localizada no bairro Itacorubi na capital catarinense, recebeu a instalação de uma usina fotovoltaica em telhado. 

Foram 129 módulos solares policristalinos de 410W e um inversor trifásico on grid de 60 kW. A produção de energia estimada é de 55,81 MWh/ano.

A usina foi instalada no novo prédio da APAE, que abrigará o TEA (Centro de Atendimento ao Transtorno do Espectro do Autismo Dr. Álvaro José de Oliveira), mas atenderá todos os edifícios da APAE. 

A perspectiva é que a usina, que vai começar a funcionar no fim do mês, proporcione uma economia de aproximadamente 70% na conta de energia. 

O projeto foi desenvolvido e instalado pela Celesc (Centrais Elétricas de Santa Catarina S.A.), que investiu R$ 559,13 mil em recursos para a sua implantação. A iniciativa surgiu a partir da Chamada Pública do Programa de Eficiência Energética Celesc/Aneel 2018.

“Com o crescimento no consumo de energia, a procura por energia elétrica é cada vez maior, e os sistemas fotovoltaicos trazem essa segurança a quem investe”, afirmou o gerente de projetos do Departamento de Eficiência Energética da Celesc, Rodrigo José Hoffmann. 

“Ela possibilita ao usuário produzir sua própria energia e fornecer o excedente à concessionária distribuidora, recebendo os créditos por essa geração”, completa Hoffmann.

De acordo com o presidente da APAE, Ricardo de Souza Mendonça, o impacto do sistema fotovoltaico será importante para a associação. 

“Além de ficarmos praticamente autossustentáveis em relação à energia, o que representará uma economia financeira importante, o projeto também oferece energia limpa, o que contribui com o meio ambiente”, celebra.

Publicado Originalmente no Canal Solar em 2021-11-22 11:38:29