Solis fornece inversores para Jogos Olímpicos de Inverno

A planta FV irá gerar anualmente 14 mil kWh. Foto: Solis/Divulgação

A energia solar está cada vez mais presente nas instalações dos Jogos Olímpicos de Inverno de Beijing 2022. O comitê anunciou que o Mountain Press Center, localizado na zona de competição de Yanqing, instalou uma usina com capacidade de 128 kW, com geração anual de 140 mil kWh.

A planta usa inversores Solis 70 kW e foi instalada pela Ningbo Guangnian Solar Energy Technology Development. O projeto possui módulos de vidro duplo de silício monocristalino integrados ao telhado do edifício e com 64 clarabóias quadradas sobre o salão de mídia.

De acordo com a fabricante, a eletricidade renovável gerada pelo sistema fotovoltaico pode compensar cerca de 90 toneladas de dióxido de carbono por ano.

O espaço, que será palco de todos os eventos de esqui alpino, bem como bobsled, luge e skeleton, se tornará um centro de energia verde da zona de competição de Yanqing e contribuirá para os esforços da China para sediar uma olimpíada renovável.

Leia mais: JA Solar fornece painéis solares para Jogos Olímpicos de Inverno

“A Solis continua a se concentrar nos principais problemas técnicos de projetos de energia solar distribuída, para acelerar a inovação iterativa e a atualização de produtos. O objetivo é fazer com que cada vez mais cenários de aplicação se tornem realidade para impulsionar o desenvolvimento urbano de alta qualidade e permitir que a solar distribuída alcance novos patamares”, destacou a fabricante em nota.

“O uso dos equipamentos da Solis nestes Jogos Olímpicos em 2022 demonstra plenamente que nossos produtos têm vantagens em confiabilidade. Os inversores são os principais componentes dos sistemas fotovoltaicos. A Solis vem desenvolvendo inversores de alto desempenho para maximizar o potencial das usinas solares”, disse Desheng Lei, gerente nacional da Solis no Brasil.

Inversor Solis de 70 kW. Foto: Solis/Divulgação

Inversor Solis de 70 kW. Foto: Solis/Divulgação

Inversores da Solis

No Brasil, a companhia lançou este ano uma nova geração de inversores fotovoltaicos com potências que variam de 2 kW a 255 kW. A corrente de entrada de cada string dos modelos monofásicos é de 14 A e a sobrecarga é de 70%.

“A corrente de entrada de cada string de produtos trifásicos está chegando a 16 A. Esses indicadores estão em uma posição de liderança em desempenho. No Brasil, temos buscado constantemente aprimorar nossos serviços. Nossas equipes de atendimento estão distribuídas em seis cidades. Em 2022, também estabeleceremos um novo centro de serviços em São Paulo”, concluiu Lei.

Publicado Originalmente no Canal Solar em 2022-02-10 14:43:54