Módulo de 670 W da Trina resiste a ventos de  216 km/h durante teste

Mercado tem dado preferência a módulos resistentes a ventos fortes e outras situações climáticas

O módulo fotovoltaico Vertex 670 W, com células 210 mm, produzido pela Trina Solar, foi aprovado no teste de túnel de vento extremo.

Durante o experimento, realizado pela Trina Solar em conjunto com CGC (China General Certification), o produto permaneceu íntegro mesmo quando a velocidade do ar atingiu a marca de 216 km/h.

“O resultado confirma que os módulos de ultra-alta potência mantém excelente desempenho mesmo quando submetidos a condições meteorológicas extremas, incluindo as que caracterizam um furacão de categoria 4, na escala internacional Saffir-Simpson”, afirmou a fabricante.

A tendência de globalização das aplicações fotovoltaicas, com a crescente diversificação dos ambientes onde os equipamentos passaram a ser instalados, resultou em requisitos mais exigentes de desempenho.

Por este motivo, o mercado tem dado preferência a módulos resistentes a ventos fortes e outras situações climáticas.

A Trina informou que o módulo Vertex 670 W da Trina Solar passou, entre outros aperfeiçoamentos, por uma série de otimizações de design, bem como aumento da robustez da estrutura, o que incluiu o uso de materiais mais resistentes.

“No que se refere às células fotovoltaicas, em especial, o processo industrial de corte não destrutivo dá às unidades de 210 mm maior flexibilidade, além de aumentar significativamente a sua resistência a fissuras ocultas”, informou a companhia.

Publicado Originalmente no Canal Solar em 2022-02-15 17:17:27