Nos últimos anos notamos o aumento da disponibilidade de módulos fotovoltaicos e a disseminação da tecnologia, tornando o módulo ainda mais eficiente e com características elétricas que divergem dos primeiros modelos comercializados no Brasil.

Decorrente desse avanço, a elevação de potência vem sendo gradativa. 

De modo a otimizar a utilização desses equipamentos, é indispensável que os conversores ou comumente conhecidos como inversores solares, acompanhem essa tecnologia, evoluindo aspectos construtivos de hardware e software e assim, o aumento da performance e utilização de potência em horários de pico de acordo com o que o módulo fotovoltaico tem a entregar. 

Os novos inversores da linha HC (High Current) disponibilizados pela Renovigi serão em modelos de 3kW (monofásico 220V), 4kW (monofásico 220V), 5 kW (monofásico 220 V), 15 kW (trifásico 380 V), 20 kW (trifásico 220V), 20 kW (trifásico 380 V), 30 kW (trifásico 380 V) e 40 kW (trifásico 380 V) com características mais aprimoradas e atualizadas tecnologicamente para comportar módulos de maior potência. 

Outro aspecto é efetivamente a corrente de entrada maior, de 14 A para modelos monofásicos e 16 A nos modelos trifásicos, por string de cada inversor. Essa elevação na corrente faz com que seja maximizada a produção de energia durante a curva de geração diária. 

Além da característica de corrente, os inversores da linha HC possuem maior capacidade de oversizing, (superdimensionamento) chegando a 70%, o que permite um leque de oportunidades para diferentes carregamentos, dependendo da característica de cada projeto, buscando a otimização da produção de energia. 

O oversizing é um dos assuntos mais discutidos no cenário fotovoltaico, pois trata da performance que o projeto como um todo irá ter ao longo de seu funcionamento, otimizando o custo x benefício do projeto. Diante disso, é importante salientar a necessidade de análise do local e das características da planta para o melhor carregamento do equipamento.   

Para os modelos monofásicos o layout inovador e futurista também contempla os modelos trazendo maior atratividade na composição do kit.  Nota-se que para melhor desenvolvimento do setor a tecnologia deve acompanhar a evolução do mercado, sendo disponibilizadas novidades constantes aos clientes e adeptos à energia solar.

Saber e entender o bom funcionamento dos equipamentos e qual a melhor forma de instalá-los é o que realmente vai ditar a credibilidade e capacidade técnica da empresa instaladora. Qualidade em primeiro lugar sempre.

Publicado Originalmente no Canal Solar em 2022-02-16 14:53:02