TIM ultrapassa marca de mil antenas com conexão 4G via satélite e energia solar

Antena off grid da TIM em operação no Brasil. Foto: TIM/Divulgação

Com o objetivo de levar o 4G para todos os municípios brasileiros até 2023, a TIM está apostando num projeto que utiliza energia solar e conexão via satélite para levar internet móvel por meio de antenas off-grid, sobretudo, para comunidades remotas, onde há déficit de infraestrutura de rede elétrica. 

A iniciativa – chamada pela operadora de Sky Coverage – conta hoje com mais de 1.000 unidades com essa configuração. A conectividade via satélite é fornecida pela empresa israelense Gilat, que também prevê o uso da solução para levar 4G ao agronegócio.

Um dos diferenciais do projeto é sua capacidade de oferecer cobertura 4G de forma sustentável, acessível e de baixo custo. Com torres autossustentáveis, por meio da geração de energia solar, é possível ter mais autonomia e maior vida útil do equipamento. 

Dessa forma, manterá a cobertura 4G com infraestrutura simplificada e de baixo impacto ambiental. A TIM conta com parceiros e fornecedores para atender à demanda em todo o país e seguir disponibilizando o serviço aos clientes. 

Leia também

Claro inaugura usina FV e amplia produção de energia limpa no DF

Vivo inaugura usina solar no Rio Grande do Norte

A empresa explica que a solução estende o alcance das redes mais rapidamente do que as alternativas terrestres. O projeto também amplia conectividade para setores, como o próprio agronegócio, especialmente para equipamentos e investimentos em Internet das Coisas (IoT).

“Queremos apoiar o Brasil na inclusão digital com o projeto Sky Coverage e, para isso, contamos com parceiros importantes, como a Intelsat, com quem trabalhamos especialmente na região norte”, ressalta Marco Di Costanzo, diretor de Engenharia de Redes da TIM Brasil. 

Em janeiro de 2022, a TIM possuía cobertura 4G em 443 municípios do Norte, sendo a operadora líder em cidades atendidas na região. A operadora também se posiciona em 1º lugar no ranking nacional, com 4,7 mil municípios cobertos com a quarta geração.

Publicado Originalmente no Canal Solar em 2022-03-08 09:32:33