Solar e eólica corresponderam por 87% da potência acrescida em fevereiro

Energia solar e eólica se destacaram no mês de fevereiro, apontou a ANEEL. Foto: Envato Elements

A ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica) anunciou que foram liberados em fevereiro 513,3 MW em geração de eletricidade para operação comercial.

Deste total, houve acréscimo de 100 MW de usinas fotovoltaicas e 346,57 MW de eólica. Ambas representam 87% da ampliação de potência de fevereiro.

De acordo com o Órgão, entraram ainda em operação 48,73 MW em usinas termelétricas e 18 MW em pequenas centrais hidrelétricas.

Nove estados de três regiões brasileiras ganharam acréscimos em geração de energia este ano. Destacaram-se a Bahia, com 345 MW, Rio Grande do Norte, com 306,55 MW, e o Paraná, com 152,80 MW.

Ademais, segundo o Órgão, o quantitativo obtido neste ano, de 995,5 MW, equivale a 13% do incremento na matriz energética previsto para 2022, de 7.625,08 MW.

Capacidade instalada

Dados do SIGA (Sistema de Informações de Geração da ANEEL) apontaram que, até 1º de março, a potência fiscalizada total instalada no Brasil era de 182.377,7 MW.

Desse total em operação, 83% das plantas são impulsionadas por fontes sustentáveis, com baixa emissão de gases do efeito estufa.

Publicado Originalmente no Canal Solar em 2022-03-11 09:14:49