Instalações de painéis solares triplicaram em São Paulo em 2021 

Sistema residencial instalado em condomínio de alto padrão. Foto: Canal Solar 

A procura por instalações de painéis solares em residências, fachadas e terrenos triplicou na capital paulista em 2021 na comparação com 2020, segundo dados computados pela ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica).

O número de novas conexões passou de 756 em 2020 para 2.113 em 2021, sendo 793 novos consumidores em 2020 e 2.198 no ano passado. Em termos de potência instalada, foram 6,9 MW em 2020 e 16,2 MW em 2021. 

A procura pelos sistemas ocorreu em um período na qual a conta de luz dos consumidores paulistanos aumentou cerca de 10%, de acordo com as distribuidoras CPFL Paulista e Enel.

Entre as causas para esse aumento está o acionamento das bandeiras tarifárias mais elevadas (vermelha e crise hídrica) durante praticamente todo o ano passado. 

Além disso, por ser uma grande metrópole, São Paulo conta com mais pessoas com acesso à informação e poder aquisitivo para aderir a tecnologia. 

Estado de São Paulo

No Estado de São Paulo, o segundo no ranking nacional de geração fotovoltaica, os números de novas conexões instaladas em GD (Geração Distribuição) solar dobraram nos últimos dois anos, passando de 32.243 para 70.165. Em termos de potência instalada, foram 333,8 MW em 2020 e 563,3 MW em 2021. 

Para os próximos anos, a expectativa do setor é que o uso da fonte solar em São Paulo e nos demais municípios do país cresça ainda mais, considerando o cenário de novos aumentos na conta de luz previsto para 2022 e que servirão para custear o uso das termelétricas. 

 

Publicado Originalmente no Canal Solar em 2022-03-17 09:51:15