Startup brasileira investe em projetos de armazenamento de energia

Os projetos geram créditos e são distribuídos por meio das distribuidoras de energia e automaticamente aplicados na conta mensal do consumidor. Foto: Envato Elements

Thomas Zuzelo, fundador da Xate Energia, conta que a startup foi criada com o objetivo de transformar o modelo de renováveis para os consumidores. 

O economista fundou a empresa no setor de fabricação de semicondutores de energia renovável em 2021.

Com sede em São Paulo (SP), a startup oferece contratos de energia para consumidores particulares e empresas que, ao assinar um contrato, deixam de ter que lidar diretamente com a distribuidora de energia. 

Os projetos da startup geram créditos e são distribuídos por meio das distribuidoras de energia e automaticamente aplicados na conta mensal do consumidor.

Enquanto ligado à concessionária, a Xate Energia assume a gestão da conta de energia e, no final de cada mês, a fatura combinada e o consumo de energia ficam disponíveis para os consumidores na plataforma digital da empresa.

Para Zuzelo, a rodada de financiamento inicial teve grande importância para começar as operações da plataforma, desenvolver nossos primeiros projetos e contratar a equipe.

“Foi um processo que levamos internamente e captamos investimento de vários investidores com muitos anos de experiência trabalhando no setor financeiro e no setor energético”, afirmou.

Os primeiros projetos de armazenamento solar e de baterias da Xate Energia já estão sendo desenvolvidos, com duas modalidades de armazenamento dentro da plataforma: “Vamos desenvolver projetos solares com armazenamento e também implementamos soluções BTM com baterias”, contou Zuzelo.

A longo prazo, a Xate Energia pretende reinventar o modelo de negócio da distribuidora elétrica, oferecendo ao consumidor um serviço simples, mais barato e 100% verde.

Publicado Originalmente no Canal Solar em 2022-03-23 11:00:16