Fazsol e Órigo investirão R$ 150 milhões em energia solar no Brasil

Previsão é que os parques entrem em operação em novembro Foto: Órigo Energia

A Fazsol, empresa fundada pela japonesa Shizen Energy e pela holding brasileira Espaço Y, assinou um contrato com a Órigo Energia para a construção de 17 fazendas solares no Brasil, com 33,4 MW de capacidade, no modelo de geração de energia distribuída. 

As usinas serão construídas em dois estados (Minas Gerais e Ceará) e no Distrito Federal, e deverão gerar energia suficiente para atender a demanda de cerca de 130 mil residências no período de um ano.

O investimento no projeto será de R$ 150 milhões e a previsão é que os parques solares entrem em operação na reta final de 2022, mais precisamente em novembro.

A construção dos empreendimentos faz parte da estratégia de crescimento da Fazsol no Brasil.

Pelo acordo assinado, a empresa será responsável pelo desenvolvimento dos parques solares, enquanto a Órigo fará a ponte com os consumidores finais. 

Atualmente, a companhia conta com oito projetos de energia renovável em operação no país, com 8,6 MW de capacidade. A empresa, no entanto, informou que pretende investir ao menos R$ 1 bilhão até 2024 para atingir 200 MW de usinas solares em operação no Brasil.

Leia também:

Como montar uma fazenda solar?

Participação em fazendas solares e a declaração de imposto de renda

Cemig recebe R$ 1 bi para desenvolver novos projetos de fazendas solares

 

Publicado Originalmente no Canal Solar em 2022-04-11 09:19:14