LONGi firma acordo para desenvolvimento de projeto no Mar Vermelho

Projeto evitará a emissão de cerca de meio milhão de toneladas de CO2 por ano. Foto: Divulgação

A LONGi anunciou, no começo desta semana, um acordo para fornecer 406 MW em módulos bifaciais Hi-MO 5 para a construtora SepcoIII Electric Power para o desenvolvimento do Projeto Mar Vermelho, na Arábia Saudita. 

Segundo a fabricante chinesa, trata-se de um projeto que será totalmente alimentado por energias renováveis em uma escala “nunca antes vista em nenhum lugar do mundo”, por meio de painéis solares e turbinas eólicas. Neste primeiro momento, a LONGi atenderá uma demanda inicial de 210 MW, com a previsão de realizar uma nova expansão no futuro.. 

A Red Sea Development Company, desenvolvedora do projeto de turismo, concedeu seu contrato de maior valor até hoje a um consórcio liderado pela Acwa Power para projetar, construir, operar e transferir a infraestrutura de utilidades do projeto, gerando até 650.000 MWh e evitando cerca de meio milhão de toneladas de CO2 por ano. 

O acordo também abrange a construção de três usinas de osmose reversa de água do mar, projetadas para fornecer água potável limpa, um centro de gerenciamento de resíduos sólidos e uma estação de tratamento de esgoto inovadora, que deverá permitir que os resíduos sejam gerenciados de forma que melhora o meio ambiente, criando novos habitats de zonas úmidas e complementando o local com água de irrigação para paisagismo.

Publicado Originalmente no Canal Solar em 2022-04-14 12:00:58