Remessas globais de módulos da Trina Solar atingem 100 GW

Os 100 GW de módulos fotovoltaicos da Trina Solar foram enviados para mais de 100 países.

A Trina Solar, empresa no setor fotovoltaico, marcou os 100 GW de remessas globais de módulos.

Juntos, esses 100 GW de módulos fotovoltaicos podem gerar cerca de 135 bilhões de kWh de energia limpa, reduzindo as emissões anuais globais de CO2 em 135 milhões de toneladas. Além disso, o consumo padrão de carvão diminuiu em 54,54 milhões de toneladas, o que equivale ao plantio de 7,29 bilhões de árvores. 

Nos últimos 25 anos, a tecnologia solar avançou e colaborou para que o diâmetro dos wafers de silício da Trina crescesse de 125 mm para 210 mm e a potência dos módulos cresceu de 100 W para 690 W.

 A geração de energia fotovoltaica é uma grande fonte de energia limpa implementada no mundo todo, desde projetos de serviços públicos até telhados domésticos. 

Única empresa do setor fotovoltaico a atingir 100% na pesquisa de bancabilidade de financiamento de novas energias da Bloomberg por seis anos consecutivos, a Trina Solar pretende criar um novo mundo livre de carbono.

Com o desenvolvimento global de energia limpa a todo vapor, a Agência Internacional de Energia Renovável prevê que as instalações fotovoltaicas globais ultrapassem 14 mil GW até 2050.

Para Gao Jifan, presidente da Trina Solar, o setor fotovoltaico é uma ecosfera aberta, inovadora e colaborativa e a era de energia com energia solar fotovoltaica como a principal força motriz já existe. “Apenas a inovação tecnológica aberta ampliará o escopo do crescimento e alcançará o desenvolvimento sustentável”, diz Jifan. 

Os 100 GW de módulos fotovoltaicos da Trina Solar foram enviados para mais de 100 países. 

Publicado Originalmente no Canal Solar em 2022-04-20 17:54:07