Sedeme firma parceria para expandir energia solar no Pará

O compromisso visa viabilizar a expansão da cadeia de valor da energia solar no Pará . Foto: Sedeme

A Sedeme (Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia) firmou no começo desta semana uma cooperação técnica com a ABSOLAR (Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica).

O compromisso, com vigência de dois anos, visa viabilizar a expansão da cadeia de valor da energia solar no Pará a partir de políticas públicas, programas e incentivos capazes de tornar o uso de sistemas fotovoltaicos mais dinâmicos.

Segundo a Sedeme, a iniciativa coloca o uso de energias renováveis na matriz energética com um papel cada vez mais relevante no cenário socioeconômico do estado. Além disso, contribui para o desenvolvimento sustentável e colabora para zerar as emissões de dióxido de carbono do Pará.

Segundo José Fernando Júnior, secretário da Sedeme, esse acordo permite o benefício do uso de energia solar fotovoltaica não apenas nas residências, mas também para o setor produtivo no Pará. 

“Nosso trabalho é contínuo no sentido de buscar formas de incentivo ao desenvolvimento econômico do Pará com sustentabilidade e geração de emprego”, destacou Júnior.

De acordo com a ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica), o Pará é o estado da Região Norte com maior potência instalada de energia solar no segmento de geração distribuída, com cerca de 286 MW e mais de 24 mil sistemas fotovoltaicos instalados.

Além disso, segundo a Absolar o estado já recebeu R $1,4 bilhão de investimentos em energia solar e gerou mais de 8 mil empregos. 

Para Rodrigo Sauaia, CEO da ABSOLAR, o acordo é um marco para a entidade e para o Estado, e permitirá o trabalho conjunto para diversificação da matriz energética com sustentabilidade. “Este é um passo estratégico para que nós possamos acelerar o desenvolvimento da energia solar fotovoltaica no Estado do Pará”, concluiu Sauaia.

Publicado Originalmente no Canal Solar em 2022-04-20 10:59:51