ZNShine expandirá sua capacidade produtiva em 12 GW até 2023

Empresa tem investido cada vez mais em P&D

A fabricante de módulos fotovoltaicos ZNShine Solar pretende ampliar sua capacidade de produção até 12 GW em 2023, seguindo a crescente expansão da indústria fotovoltaica. Atualmente, a companhia conta com uma capacidade total de 10 GW, distribuídas em duas bases de fabricação. 

De acordo com a fabricante, para alcançar este objetivo a empresa tem investido cada vez mais em P&D (Pesquisa e Desenvolvimento). 

“A ZNShine continuará a se dedicar à P&D e produção em massa de módulos fotovoltaicos de alta eficiência, assim como sempre fez, a fim de contribuir para com a redução de custo da eletricidade, melhorar a performance na geração de energia, para trazer melhores produtos para clientes globais e promover desenvolvimento global de energia renovável”, destacou William Wang, presidente da ZNShine.

Recentemente, a companhia conquistou a classificação “Top performer” na 8ª edição do PV Module Reliability Scorecard do PVEL. Este é o quarto ano consecutivo em que a ZNShine recebe este reconhecimento.

Leia também

ZNShine traça estratégia visando potencial do Brasil para fazendas solares

Tecnologia reduz custos de O&M em usinas fotovoltaicas

O teste é realizado pela DNV GL e pelo PVEL e nesta edição destaca 25 fabricantes de módulos e os avanços técnicos apesar das condições desafiadoras do mercado. As classificações são baseadas em dados de desempenho e confiabilidade do PVEL PV Module Product Qualification Program, um conjunto de testes de laboratório e de campo que informam as decisões de aquisição e investimento de energia solar.

A DNV GL é uma das maiores organizações independentes de consultoria, testes e certificação de especialistas em energia do mundo. Já o PVEL é o principal laboratório de testes de desempenho e confiabilidade de módulos fotovoltaicos do mundo. 

A comparação dos resultados pode fornecer uma referência poderosa para financiadores e desenvolvedores na seleção de alta qualidade componentes. Esta edição resume 18 meses de resultados de ensaios, que incluem teste de ciclo térmico, teste de calor úmido, teste de sequência de carga mecânica dinâmica e teste de degradação induzida potencial. 

Cada um teste tem uma referência significativa para a confiabilidade do módulo no cenário de aplicação real e os produtos que passam no teste podem receber o prêmio “Best Performing Enterprise“. 

Publicado Originalmente no Canal Solar em 2022-05-20 10:56:27