A parceria firmada entre as empresas BMW e FORD com a Solid Power vem com um propósito de revolucionar a indústria de carros elétricos com o uso de baterias de estado sólido, substituindo as de íon de lítio, padrão usado atualmente no mercado global automobilístico.

Anunciada na segunda-feira (6) a conclusão do projeto piloto da empresa americana Solid Power, ainda serão realizados testes internos garantindo a entrega até o final do ano para as montadoras.

“A instalação da linha piloto de células nos permitirá produzir unidades em escala adequada para iniciar o processo formal de qualificação automotiva”, disse o CEO da Solis, Doug Campbell à agência de notícias Reuters.

Ainda segundo a empresa, a linha pode chegar a fabricar mais de 300 células de hidrogênio por semana, equivalente a 15 mil por ano.

“Com a linha instalada, nosso próximo desafio é iniciar a produção em escala e construir células que atendam aos requisitos necessários para entrarmos na qualificação automotiva ainda este ano”, afirmou o diretor de operações da Solid, Derek Johnson.

Baterias de estado sólido

O custo médio para construção desta bateria, que é menor considerada as de íon de lítio,  poderá impactar diretamente no valor final dos carros elétricos.

Por se tratar de um elemento físico (hidrogênio) de fácil mobilidade, mas que não agrega peso, pode ser abastecido rapidamente otimizando o espaço deste equipamento no veículo, agregando não somente na estética para carros menores, como também no desempenho e vida útil dos demais automóveis.

Publicado Originalmente no Canal Solar em 2022-06-10 14:50:00