Comunidades quilombolas receberão R$ 403 mil para aquisição de painéis FV

Iniciativa beneficiará comunidades quilombolas na Amazônia. Foto: Fundação Amazônia Sustentável

Comunidades quilombolas do município de Oriximiná, na Mesorregião do Baixo Amazonas, serão contempladas com cerca de R$ 403 mil para aquisição de painéis fotovoltaicos

O recurso será disponibilizado pelo Governo do Estado do Amazonas a pedido de uma solicitação feita pelos deputados federais Beto Faro (PT/PA) e Dilvanda Faro (PT/PA).

Nesta terça-feira (21), o governador Helder Barbalho (MDB) assinou a liberação do montante durante a sua agenda de trabalho.  

A iniciativa tem como objetivo propiciar o funcionamento de refrigeradores nas comunidades remotas e garantir a conservação dos alimentos consumidos pela população, além de outros benefícios relacionados ao abastecimento de energia.

A ação faz parte do “Projeto Trombetas de Segurança Alimentar em Comunidades Tradicionais de Oriximiná”, que está sendo executado pela Seaster (Secretaria de Estado de Assistência, Social, Trabalho, Emprego e Renda). 

Ao todo, são 22 comunidades remanescentes dos antigos quilombos e de caboclos ribeirinhos tradicionais vivendo na área de influência do projeto. 

São elas: Abuí, Paraná do Abuí, Tapagem, Sagrado, Mãe Cué, Juquirizinho, Curuçá, Último Quilombo, Bacabal, Aracuã do Meio, Varjão, Pancada, Araçá, Jauari, Jauari 2, Jamaru, Jarauca, Santa Rita, Tapuá, Sacuri, Xiriri Santo Antônio e Boa Vista Cuminá

Situação crítica

Atualmente, o Brasil conta com cerca de um milhão de pessoas sem nenhum acesso à energia elétrica, das quais 990 mil estão na Amazônia Legal, segundo estimativas do Iema (Instituto de Energia e Meio Ambiente).

Além de incentivos estaduais, projetos federais também têm sido aplicados – mesmo que lentamente – para tentar minimizar as dificuldades vivenciadas pelas famílias residentes nas regiões remotas da Amazônia Legal.

Em 5 de fevereiro de 2020, o governo brasileiro instituiu, por exemplo, por meio do Decreto nº 10.221, o Programa Mais Luz para a Amazônia. O projeto tem levado sistemas de geração que utilizam energia renovável, especialmente, a solar fotovoltaica, para as comunidades desassistidas da região. 

Publicado Originalmente no Canal Solar em 2022-06-24 08:54:29