O DOE (Departamento de Energia dos EUA), anunciou uma série de novas iniciativas e US$ 56 milhões em novos financiamentos, incluindo US$ 10 milhões da Lei de Infraestrutura Bipartidária para estimular a inovação na fabricação de energia solar e reciclagem.

Segundo a Administração Biden-Harris, o financiamento ajudará a tornar a energia limpa mais acessível e confiável, criar empregos bem remunerados e aumentar o crescimento econômico e a competitividade dos EUA.

Ainda de acordo com o DOE, desenvolver mais energia solar é fundamental para alcançar a meta de 100% de eletricidade limpa até 2035. “Esta administração quer conquistar a liderança em energia solar, da fabricação à reciclagem, e isso significa fazer os investimentos certos para garantir que essas tecnologias sejam feitas aqui”, disse Jennifer M. Granholm, secretária de Energia dos EUA.

De acordo com o Relatório de Revisão da Cadeia de Suprimentos Solar do DOE, o desenvolvimento da energia solar pode levar a benefícios para o clima e o meio ambiente, bem como para os trabalhadores, empregadores e segurança nacional americanos, enquanto reduz as contas de energia para as famílias americanas.

Oportunidades de financiamento do DOE

O financiamento de US$ 29 milhões para FY22 Pesquisa e Desenvolvimento de Fotovoltaicos inclui US$ 10 milhões da Lei de Infraestrutura Bipartidária para apoiar projetos que aumentam a reutilização e a reciclagem de equipamentos fotovoltaicos.

A oportunidade de financiamento também apoia projetos para desenvolver projetos de painéis solares que reduzam os custos de fabricação, bem como aqueles que avançam na fabricação de células fotovoltaicas feitas de perovskitas.

Já o financiamento da Incubadora de Fabricação Solar FY22 fornecerá US$ 27 milhões para projetos destinados a comercializar novas tecnologias que podem expandir o investimento privado na fabricação de energia solar nos EUA.

A linha de crédito está disponível para projetos que preparam novas tecnologias e processos de fabricação para comercialização e demonstram soluções que podem impulsionar a fabricação nacional de filme fino feito de telureto de cádmio.

Outros investimentos

O DOE também anunciou US$ 18 milhões em financiamento, por meio do Fundo de Comercialização de Tecnologia, para sete projetos de Laboratório Nacional que visam enfrentar os desafios de comercialização que as tecnologias financiadas pelo DOE enfrentam em seu caminho para o mercado.

O DOE também está emitindo uma Solicitação de Informações sobre desafios e oportunidades para energia solar integrada a veículos. Interessados podem enviar feedback até às 17h de 22 de agosto.

No início desta semana, o DOE também liberou US$ 8 milhões destinados a sete pequenas empresas de energia solar para realizar pesquisa e desenvolvimento na concentração de energia solar térmica, eletrônica de potência e tecnologias de água movidas a energia solar.

Publicado Originalmente no Canal Solar em 2022-07-16 13:46:50