ANEEL aprova reajuste tarifário anual para três estados na região Nordeste

Consumidores do Ceará terão queda na conta de energia, já SE e RN terão acréscimo. Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil/Reprodução

A ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica) aprovou nesta terça-feira (16) o aumento nas tarifas para consumidores residenciais de Sergipe e Rio Grande do Norte. Por outro lado, a Agência reduziu as tarifas residenciais no Ceará. Os novos valores começam a valer a partir de segunda-feira (22)

Confira abaixo os novos índices aprovados pela ANEEL.

A distribuidora ESE (Energisa Sergipe Distribuidora de Energia S.A), terá reajuste de 1,43% que atingirá cerca de 870 mil unidades residenciais. Os principais itens que influenciaram o reajuste aprovado foram os gastos com pagamentos de encargos setoriais, os custos com transmissão de energia e a retirada dos componentes financeiros estabelecidos no último processo tarifário.

Já o reajuste tarifário da Neoenergia Cosern, Companhia Energética do Rio Grande do Norte, será de reajuste de 8,14% e impactará cerca de 1,58 milhão de residências. Segundo a ANEEL, os principais responsáveis pelo reajuste foram os: gastos com pagamentos de encargos setoriais, custos com transmissão de energia e componentes financeiros.

Já para os consumidores residenciais da distribuidora Enel CE (Enel Distribuição Ceará), a redução será de 3,10%. A medida beneficiará  aproximadamente 3,9 milhões de unidades consumidoras, nos 184 municípios do estado.

De acordo com a Agência, a redução das tarifas aconteceu devido a custos na aquisição e atividades relacionadas à distribuição de energia. A ANEEL ainda apontou que a queda deu-se principalmente pela substituição da aquisição via contratação bilateral na modalidade de CCEAR (Contrato de Comercialização de Energia no Ambiente Regulado) de energia existente, com preço médio significativamente menor. 


Todo o conteúdo do Canal Solar é resguardado pela lei de direitos autorais, e fica expressamente proibida a reprodução parcial ou total deste site em qualquer meio. Caso tenha interesse em colaborar ou reutilizar parte do nosso material, solicitamos que entre em contato através do e-mail: [email protected].

Publicado Originalmente no Canal Solar em 2024-04-16 15:05:18